Lutar contra a maré dos instintos é uma batalha perdida por excelência. Chega um momento em que o estoque de perdão acaba, a cota de relevância chega ao fim e paciência você nem se lembra mais o que significa. Pois bem, não se acanhe. Afinal, somos todos tentados pelo lado negro da força quando escutamos a marcha imperial e andamos entre os mortais. Não existem regras por aqui. Entre e venha festejar conosco a inveja, a intolerância e a incompreensão!

14 de jul de 2011

Gangorra social


Mediante anos de evolução, só poderíamos estar assim: com diferença social porém com todas as pessoas vivendo bem, comendo bem, com boa educação acesso a tudo de bom que existe, informação. Sonhar não custa nada, mas viver custa, e caro, mas mesmo assim ouvimos alguém sempre dizendo: ”Nunca antes na historia desse pais...” E ai ele coloca qualquer frase, deixa que o povo brasileiro termine, e será assim: “Nunca antes na historia desse pais se viu tantos meninos na rua, no sinal, tentando ganhar dinheiro pra comer, usar drogas, tantos roubos assaltos movido pela diferença de não poder ter aquilo que se vê na TV, o carro do vizinho”. Que tal mudarmos um pouco essa gangorra que nunca sobe, se os governantes do nosso pais ficassem um dia lá em cima, e outro lá embaixo, pra realmente perceber a diferença disso, eles tomariam uma medida que transformaria a gangorra em uma balança equilibrada.


Um comentário:

  1. os governantes de nosso país, deveriam entrar em sala de aula, pra presenciarem o que a gente vivencia todos os dias!!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário.