Lutar contra a maré dos instintos é uma batalha perdida por excelência. Chega um momento em que o estoque de perdão acaba, a cota de relevância chega ao fim e paciência você nem se lembra mais o que significa. Pois bem, não se acanhe. Afinal, somos todos tentados pelo lado negro da força quando escutamos a marcha imperial e andamos entre os mortais. Não existem regras por aqui. Entre e venha festejar conosco a inveja, a intolerância e a incompreensão!

13 de ago de 2011

Mentira ... Adoramos


Pessoal revolta nova....
se eu crio um personagem que tem cabelo grande, ou que tem brincos... a história é boa, porém , o meu personagem nao é de acordo com a imagem que eu quero fazer pra vocês, devo eu fazer mudanças? ou apenas não incorporar a historia? meus amigos, to eu aqui de novo questionando, poxa, olha o que fizeram na boca desse personagem... PQP... o original só fumava um cigarro, gente que descriminação, mas a rede é deles e eles fazem o que querem.... algo como sb      , televisão... e é isso que os B são? 
que imbecis... e eu sou tbm, eu tbm gostava, mas sem o cigarro na boca, e com esse lance vermelho, que nao sei o que é... fiquei com medo caso não saibam, o personagem deveria estar com um cigarro na boca, infelizmente ele é fumante, mas é assim, e o link para ver tamanha desgraça é esse que passo no fim da postagem, desgraça essa que não considero ele fumar um crivo, mas sim a merd... que fizeram na boca do personagem, se eu tivesse criado o personagem.... hahaha, essa tv,   zinha, pagaria por destruir meu personagem, mas como um simples comentarista, deixo apenas minha pergunta, é tão ruim assim assumir que existam pessoas boas que fumam? ou apenas o nosso desejo é destruir uma obra e seus criadores?
OBSERVAÇÃO: Olhem o tempo 15:15 e observem o logo da rede de tv bem embaixo no canto, desse link http://mais.uol.com.br/view/ddr43398v596/naruto-dublado--142-04021A3266E0899307?types=A
A QUESTÃO É....
ACREDITAR NO QUE VEJO OU ...?
Muito boa essa rede, apresenta realmente programas atualizados, e com tradução coerente ao pensamento brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário.